Gás

O gás butano e o gás propano diferenciam-se pela sua composição química, o que lhes confere características e aplicações distintas. Conheça todas as respostas abaixo.

A Nautigás coloca à disposição dos seus clientes dois canais de encomenda. Pode contactar-nos através dos números 258 839 330 e 96 381 73 50 ou submeter a sua encomenda aqui mesmo.

Encomendar

A Nautigás tem uma rede de distribuição de grande cobertura e assegura entregas num curto espaço de tempo.

Em regime de entrega normal, no circuito do domicílio, todas as encomendas efetuadas durante a manhã são entregues no período da tarde. Todas as encomendas registadas no turno da tarde são satisfeitas no dia seguinte pela manhã. Independentemente do que está estabelecido, a Nautigás dispõe de um serviço de entregas de emergência.

Na revenda, propomos entregas de carácter regular feitas periodicamente (semanais ou bissemanais) de acordo com as rotas já por nós definidas, que poderão ser posteriormente adaptadas às necessidades dos revendedores. Naturalmente, estaremos preparados e disponíveis para necessidades excecionais, em caso de rupturas, garantindo entrega em meio-dia após encomenda.

O gás butano e o gás propano diferenciam-se pela sua composição química, o que lhes confere características diferentes e aplicações ligeiramente distintas.

O gás butano apresenta menor pressão, o que, por um lado, representa um menor risco em caso de acidente mas, por outro, não tem capacidade para alimentar todo o tipo de equipamentos. Aconselha-se, assim, a sua utilização no setor doméstico, nomeadamente, para uso nas cozinhas, águas quentes ou aquecimento ambiente.


butano_12kg

Garrafa 12Kg Butano Light

Tara: 5,3kg
Gás Líquido: 12kg
Peso Total: 17,3Kg
Dimensões: 305x570 (mm)

butano_13kg

Garrafa 13Kg Butano

Tara: 14-16 kg
Gás Líquido: 13kg
Peso Total: 27-29Kg
Dimensões: 300x555 (mm)


O gás propano apresenta uma pressão superior à do butano, o que facilita o processo de vaporização. Por esta razão, sempre que se pretenda alimentar equipamentos de maior potência e que, por sua vez, exijam pressões ou caudais superiores, aconselha-se a utilização do gás propano. Recomenda-se a utilização deste gás nos setores da indústria, hotelaria, restauração e serviços. No setor doméstico, a sua utilização é aconselhada quando existam caldeiras para aquecimento central ou outro tipo de equipamentos de elevado consumo.


propano_11kg

Garrafa 11Kg Propano

Tara: 14-16kg
Gás Líquido: 11kg
Peso Total: 25-27Kg
Dimensões: 300x555 (mm)

propano_45kg_new

Garrafa 45Kg Propano

Tara: 32-47 kg
Gás Líquido: 45kg
Peso Total: 67-92Kg
Dimensões: 380x1200 (mm)


Com aplicação, essencialmente, no sector industrial, temos ainda a garrafa de propano de carburação, utilizada, por exemplo, nos empilhadores.


propano_carboracao

Garrafa 11Kg Propano Carburação

Tara: 14-16kg
Gás Líquido: 11kg
Peso Total: 25-27Kg
Dimensões: 300x555 (mm)


Não, no caso da Rubis Gás existem três tipos de equipamentos a utilizar na ligação das garrafas.

No caso das garrafas de butano, seja ela a garrafa 12kg light ou 13kg, o redutor é o mesmo e reduz a pressão do gás para alimentação das instalações ou equipamentos para 30mbar.

No caso das garrafas de propano de 11kg, o equipamento tem uma configuração semelhante, no entanto, a pressão é reduzida neste caso para 37mbar.

Nas garrafas de 45kg, é utilizada uma válvula de encaixe à garrafa que não faz qualquer redução à pressão do gás, devendo ser instalado a jusante um redutor de pressão, cuja pressão de saída será dimensionada consoante as características da instalação.

Deve evitar-se a utilização de redutores que não sejam os indicados pela marca, porque podem não cumprir os padrões de segurança mínimos.

A utilização de garrafas de gás no interior das habitações é permitida por lei, seja ele butano ou propano.

A legislação permite a utilização até quatro garrafas por habitação não podendo existir, no entanto, mais do que duas garrafas por compartimento. Por razões de segurança, a Rubis Gás e, em sua representação, a Nautigás, desaconselham a utilização de gás propano no interior das habitações. No exterior, o gás propano tem melhor desempenho, sobretudo no Inverno, pois mantém-se mais estável, reduzindo o fenómeno de congelação da garrafa que pode inibir a utilização do gás.

Sempre que se pretenda alimentar equipamentos de potências mais elevadas, como por exemplo as caldeiras, ou se pretenda abastecer vários equipamentos, como no caso das cozinhas do setor da restauração, recomenda-se a utilização de garrafas de gás de 45kg. A utilização deste produto, para além de permitir alimentar a instalação com pressões superiores a 37mbar sempre que necessário, também se torna mais económico, uma vez que o preço por quilo é inferior quando comparado com o da garrafa de propano 11kg.

De referir, no entanto, que a instalação de garrafas de 45Kg é ligeiramente mais exigente, pois recomenda-se que as garrafas sejam colocadas numa cabine própria, executada em materiais incombustíveis. Em termos de instalação, deve incluir, pelo menos, um limitador e um redutor de pressão, resultando num investimento um pouco mais elevado. Aconselha-se também que seja feita uma verificação à instalação com periodicidade mínima bienal.

Assim, em caso de baixos consumos, o recurso à garrafa de 45Kg não se torna vantajoso, uma vez que a poupança no gás é absorvida pelo investimento na instalação e cabine de gás.

A troca de marca de gás é sempre possível, no entanto, é necessário ter em atenção algumas questões. O gás apresenta algumas especificidades, como o fato de cada marca ter um adaptador de encaixe à garrafa de diferente configuração, que poderá ser um redutor ou uma válvula.

Assim, a Nautigás oferece comercialmente aos clientes que pretenderem alterar de marca de gás e passar a consumir Rubis, os redutores/válvulas de adaptação às garrafas, bem como substitui, sem custos, as mangueiras de ligação aos aparelhos que não estejam conforme e, no caso das garrafas de 45Kg, faz a substituição das liras de ligação às garrafas caso seja necessário.

Para o efeito, o cliente deverá entregar à troca o vasilhame da outra marca, bem como os redutores de encaixe às garrafas. Desta maneira, o cliente terá apenas a seu encargo o custo do gás.

piquete_seguranca

A Rubis Gás coloca à disposição de todos os seus clientes o serviço de piquete 24H que atua em caso de fugas de gás.

Este serviço não é gratuito, no entanto, está disponível a qualquer hora e abrange todas as áreas geográficas. Sempre que sentir estar em situação de perigo, o cliente deverá contactar o nº 808 24 2001; a chamada será depois encaminhada para os serviços técnicos que, prontamente, resolverão qualquer situação relacionada com a segurança da sua garrafa de gás e/ou instalação.

No distrito de Viana do Castelo, o serviço de piquete está atribuído à equipa técnica da Nautigás. Em termos de concelho, o tempo de resposta é, em média, de 30 minutos.

Sempre que suspeitar de fuga de gás deve fechar o gás na garrafa ou na válvula de corte geral e ligar para o serviço de piquete.

Toda e qualquer instalação de gás deve ter o respetivo certificado de inspeção. De acordo com o disposto no artigo nº 13 do Decreteo-Lei nº 521/99, de 10 de Dezembro, as inspeções devem ser realizadas com a seguinte periodicidade conforme a sua natureza e tipo de exploração:

  1. a cada dois anos, para as instalações de gás afetas à indústria turística e de restauração, a escolas, a hospitais e outros serviços de saúde, a quartéis e a quaisquer estabelecimentos públicos ou particulares com capacidade superior a 250 pessoas;
  2. três anos, para instalações industriais com consumos anuais superiores a 50 000 m3 de gás natural, ou equivalente noutro gás combustível;
  3. cinco anos, para instalações de gás executadas há mais de 20 anos e que não tenham sido objecto de remodelação.

Devem realizar-se inspeções a instalações de gás sempre que ocorra uma das seguintes situações:

  1. Alterações no traçado, na secção ou na natureza da tubagem, nas partes comuns ou no interior dos fogos;
  2. Fuga de gás combustível;
  3. Novo contrato de fornecimento de gás combustível.

Considera-se instalação de gás, o sistema instalado num imóvel, constituído pelo conjunto de tubagens, acessórios, equipamentos e aparelhos de medida (onde aplicável) existentes entre a válvula de corte geral e a válvula de corte dos aparelhos instalados. Por exemplo, uma garrafa de 13kg ligada diretamente a um esquentador não é considerada uma instalação, não se aplicando, neste caso, a necessidade de certificado de inspeção.
Os encargos com a realização da inspeção são integralmente suportados pelos respetivos proprietários ou utentes.

Sempre que as instalações tenham sido executadas de novo ou sofrido alterações sujeitas a projeto, o respectivo projeto deve ser visado por entidade inspetora e apresentado no ato da inspeção para a emissão do certificado de inspeção da instalação. Deve, igualmente, ser apresentado o termo de responsabilidade emitido pela Entidade Instaladora.

A Nautigás enquanto especialista nesta área detém as seguintes credenciais:

  • Entidade Instaladora
  • Entidade Montadora
  • Entidade Exploradora Classe I

Assim sendo, emite sempre que necessário o termo de responsabilidade referente aos trabalhos que realiza.

A Rubis Gás e a Nautigás, enquanto seu revendedor autorizado, fazem da segurança uma condição essencial do negócio de gás. Salientamos os seguintes aspectos:

  • Redutor com Válvula de Segurança (Butano): o redutor Rubis Gás é o único do mercado que possui uma válvula de excesso de caudal, que corta a saída de gás em caso de fuga;
  • Válvulas diferenciadas para Butano e Propano: as diferentes características do gás butano e do gás propano fazem com que seja perigoso usar um redutor de butano em garrafas de propano, pelo que a Rubis é a única marca com válvulas diferentes para os dois tipos de gás.
  • Garrafas com Válvulas de Escape: as garrafas de gás butano possuem válvulas de escape para que uma garrafa que esteja sujeita a condições extremas, como um incêndio, por exemplo, nunca expluda.

Neste sentido, a Rubis Gás disponibiliza para todos os consumidores um seguro gratuito nominal – Seguro casa e bens - para cobertura de acidentes relativos à instalação de gás, com uma cobertura de danos pessoais e materiais de 25.000 euros.

seguro_casa_bens

A Nautigás opera no mercado do gás desde de 1993, contando, por isso, com uma grande experiência na área. Aposta fortemente no trinómio segurança, assistência e rapidez para acrescentar qualidade ao seu desempenho e produtos, e marcar uma posição diferenciadora no mercado.
Sendo detentora das credenciais de Entidade Instaladora e Montadora, bem como Exploradora Classe I, e acreditado pela Bosch enquanto posto avançado de Assistência Bosch, tem oportunidade de oferecer aos seus clientes um serviço completo, desde a entrega do produto gás, até todos os serviços assistência técnica que o cliente possa necessitar, seja no âmbito da instalação de gás ou dos próprios aparelhos a gás.

A sua equipa técnica é qualificada e credenciada, podendo prestar serviços para todos os aparelhos de queima a gás e de outras naturezas.
Presta serviços com marco de qualidade, uma vez que se encontra certificada há mais de uma década, respondendo, atualmente, aos requisitos da norma ISO 9001:2008.

Aliada a uma oferta de serviços e produtos alargada, oferecemos ainda um desconto de 50% no valor da mão de obra em todos os serviços de assistência técnica prestados aos clientes que são consumidores de gás da marca Rubis. Somam-se a estes benefícios os que são disponibilizados pela Rubis Gás, concretamente, Seguro Casa e Bens e Piquete de Segurança 24H.